• Miniatura
  • denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • MPT amplia prazo para inscrição de projetos de entidades públicas e instituições sem fins lucrativos
  • banner grande uirapuru
  • BUSDOOR-FACE

MPT amplia prazo para inscrição de projetos de entidades públicas e instituições sem fins lucrativos

A nova data atende solicitação das organizações e foi publicada nesta quarta-feira, 31 de julho, no Diário Oficial. Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) apoia o MPT na promoção de melhorias sociais

PORTO VELHO/RO - O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Rondônia e Acreampliou o prazo para envio de projetos de instituições públicas e instituições sem fins lucrativos para a criação de um Banco de Projetos para destinação de recursos. A nova data é 15 de agosto, seguindo solicitação das organizações. As interessadas em integrar o Cadastro de Entidades e Projetos devem se cadastrar e enviar uma proposta de projeto. Mais informações estão disponíveis nosite http://www.prt14.mpt.mp.br/info/uirapuru.

A informação da nova data foi publicada nesta quarta-feira, 31 de julho, no Diário Oficial. Ele faz parte do Projeto Uirapuru, realizado em parceria com o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS), com foco na promoção de melhorias sociais a partir da atividade de fiscalização da legislação trabalhista. No âmbito deste projeto já foram realizadas uma audiência pública e Capacitações em Elaboração de Projetos em Rio Branco (AC), Porto Velho (RO) e Ji-Paraná (RO).

Projeto Uirapuru

Uirapuru é um projeto do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Rondônia e Acre em parceria com o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) que trabalha na promoção de melhorias sociais a partir da atividade de fiscalização da legislação trabalhista.

O projeto tem como objetivo contribuir para que as ações realizadas por órgãos da administração pública e entidades do terceiro setor estejam alinhadas aos objetivos estratégicos do Ministério Público do Trabalho e da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, compromisso firmado pelos países para promover a vida digna para todos. Também busca a sistematização e transparência destas destinações de recursos, além do monitoramento dos resultados dos projetos apoiados. 

(texto: Livia Alen/Assessoria/UNOPS) 

Fonte: MPT-RO e AC 
Assessoria de Comunicação Social

 

Imprimir

  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • meio ambiente
  • trabalho escravo
  • trabalho portuario
  • liberdade sindical
  • promocao igualdade
  • trabalho infantil